domingo, 30 de agosto de 2009


"[...] E eu tenho vontade de segurar seu rosto e ordenar que você seja esperto e jamais me perca e seja feliz.
E entenda que temos tudo o que duas pessoas precisam para ser feliz.
A gente dá muitas risadas juntos.
A gente admira o outro desde o dedinho do pé até onde cada um chegou sozinho.
A gente acha que o mundo está maluco e sonha com a praia do Espelho e com sonos jamais despertados antes do meio-dia.
A gente tem certeza de que nenhum perfume do mundo é melhor do que a nuca do outro no final do dia.

A gente se reconheceu de longa data quando se viu pela primeira vez na vida..."


Tati Bernardi

4 comentários:

Malaguetta disse...

que lindo :D

Escrevo Palavras e Choro Poemas... disse...

Q bom q gostou! te espero com carinho! bj**

Y a s h a disse...

E eu acredito que isso seja, no fundo, a grande essência de tudo. :)

as viciadas disse...

"A gente se reconheceu de longa data quando se viu pela primeira vez na vida."

massaaaaaaaa!